sábado, 29 de dezembro de 2018

Empreender no Brasil: quais são as habilidades essenciais?



O Brasil sempre foi um país criativo onde pessoas que trabalhavam em empresas públicas ou privadas agora têm cada vez mais trocado estes modelos de trabalho pelo empreendedorismo, seja por necessidade, pela vontade de empreender ou por visão. Aliado a isto, as mudanças nas leis trabalhistas brasileiras vêm tornando cada vez mais inviáveis os atuais modelos de trabalho fazendo com que o mercado brasileiro de Startups tenha mais do que dobrado nos últimos seis anos. Pessoas que trabalhavam na informalidade passaram a se orientar para trabalharem dentro da lei. Para empreender no Brasil sem medo de errar algumas atitudes são necessárias e imprescindíveis para que o futuro empreendedor veja a sua empresa  sair do papel ou da mente.
Tudo começa com uma ideia
Seja para inventar algo, melhorar um produto existente, inventar um método ou melhorá-lo, tudo começa com uma ideia. Tendo isto em mente é muito importante anotar as ideias em um papel ou em outro local seguro para não esquecê-las porque para ser um empreendedor é importante fazer sempre o uso de anotações, planilhas e lembretes desde o início do processo. Em um país tão agitado como o nosso é fácil esquecer alguma ideia promissora e estas atitudes são necessárias a fim de que se consiga empreender no Brasil com sucesso. Após isto vem a fase da ação que é tão ou mais importante do que a primeira.

O planejamento é essencial para tirar a ideia do papel
A primeira ação que, se possível deve ser imediata, é o planejamento e ele envolve: o projeto da empresa, o plano de negócios, possíveis interessados, requisitos de funcionamento, datas para conseguir autorizações de funcionamento, planejamento das atividades e o planejamento financeiro. Como o número de Startups tem mais do que dobrado e a qualidade delas também têm melhorado, os métodos de planejamento também têm aumentado e melhorado bastante. Pode-se citar, por exemplo, o Canvas que consiste em um quadro de modelo de negócios e é uma ferramenta de gerenciamento de modelo estratégico, que permite esboçar modelos de negócios novos ou existentes. Este quadro tem quatro etapas básicas que são: o que, quem, como, quanto e estas etapas são divididas em nove funções que devem ser preenchidas com adesivos autocolantes para facilitar o acréscimo, remoção e realocação de ideias. Existem instituições que ensinam pessoas que queiram utilizar este método e quem quer empreender no Brasil deve pesquisar e correr atrás de orientações com especialistas que em muitos locais fazem isto gratuitamente.
Procure instituições sérias
Muitas boas ideias ficam na gaveta por vários anos pelo simples fato do futuro empreendedor achar que é muito difícil começar o negócio ou abrir a empresa e, com isto, acaba vendo alguns de seus projetos sendo executados por outras pessoas. Se este for o problema é bom o futuro empresário saber que existem instituições sérias que podem ajudá-lo desde o planejamento até a colocação do produto no mercado.
Uma dessas instituições é a Faculdade Izabela Hendrix localizada no bairro Lourdes na cidade de Belo Horizonte que gratuitamente através do projeto Impacta oferece mentoria a empreendedores iniciantes e utiliza a metodologia Canvas nesse projeto. Outra instituição que pode ser procurada é o Sebrae- Serviço Brasileiro de apoio à pequena empresa que é uma empresa que tem vários cursos, apoia pequenas e médias empresas e atua em parceria com os setores público e privado. Existem também as incubadoras de empresas que são ambientes que oferecem suporte e condições de sobrevivência para os negócios emergentes até que eles se autossustentem e as Fundações de amparo à pesquisa que tanto registram quanto aportam recursos financeiros caso o empreendedor preencha os requisitos necessários.

Levando em conta que uma ideia não vale nada se não for colocada em prática quem tem o desejo de empreender no Brasil deve parar de ficar pensando e seguir imediatamente o passo a passo para que o seu sonho se torne realidade. Assim sendo, tire a sua ideia da gaveta ou da mente, faça um bom projeto, planeje, faça um plano de negócios e procure orientações nos locais corretos. Entre no site www.rockcontent.com.br e clique no link https://rockcontent.com/materiais-educativos/?utm_source=site&utm_medium=header para saber mais.
Baseado no livro " A pedagogia da invenção".

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Projeto: A literatura contra o feminicídio


Feminicídio, que crime é este?
Segundo o site JusBrasil, a lei nº 13.104/2015 acrescentou um sexto inciso ao rol do 2º para tratar do feminicídio, então, feminicídio segundo o Código Penal Brasileiro está no rol das qualificadoras do homicídio e se for cometido contra a mulher por razões da condição de sexo feminino tem pena de reclusão de 12 a 30 anos.
Sendo o Brasil o 5º país no mundo com a maior incidência deste crime e, na maioria das vezes, sendo o homem o sujeito que mais pratica o ato, a proposta do projeto é a atuação em duas frentes.
1ª- Incluir os homens não agressores na luta contra o feminicídio e;
2ª- Através da literatura como eu fiz escrevendo um livro, releases e artigos sobre o tema e colocar nas escolas além de conversar com os alunos para fazermos um trabalho a longo prazo.
Mais informações sobre o livro e o projeto através do e-mail: amadormaia@gmail.com.